Cachoeira dos Alves – Toninho Aribati

Cachoeira dos Alves – Toninho Aribati

Linda menina que fadeja
nos lagos e recantos
onde as águas tombam,
e retumbam.

Tombam,
Fazendo caracóis e redemoinhos
sobre um despenhadeiro
que cai
em queda livre,
de qualquer altura.

A força do vento sopra o ar,
toca essa natureza.

Quando nasce a aurora,
desponta o sol radiante
que aquece o verde
e seca o orvalhado das folhas.

Veredas e docas de pedras
formadas pela ação do tempo.

Quando é noite em ciclo normal,
vemos a lua alva na cor de prata
rodeada de estrelas que brilham
formando um mosaico, suspensa
no infinito azul do céu,
numa combinação
de astros e natureza,
jogo lúdico,
de emoção e magia.

TONINHO ARIBATI

Deixe uma resposta