Gestão do tempo – Toninho Aribati

Gestão do tempo – Toninho Aribati

A arte de organizar a vida de forma a controlá-la e evitar perdas de tempo é o sonho de muitos. Algumas pessoas convencem-se de que o segredo da felicidade está em conseguir mais tempo livre. No entanto, mais tempo livre não significa necessariamente mais felicidade, pois tudo depende do que se faz com esse tempo.
Como sugestão na divisão do tempo, em qualquer ordem, faça uma leitura e procure a interpretação daquilo que leu, se possível procure uma sombra, de preferência uma arvore bem encorpada para que se torne bem fresca essa sombra. De maneira bem humorada pelo menos uma vez ao dia um sorriso, brinque com uma criança, regue uma planta, tenha um animal de estimação, de preferência os domésticos, se não pode ser uma cobra, se for venenosa, extraia dela os dentes.

É ótima a ideia de ver um desenho animado para aguçar o lúdico, a nossa imaginação. Assista a um filme de humor e dê boas gargalhadas. Vá ao teatro e seja solidário à arte, a quem com amor pratica.

Converse com uma pessoa idosa dando a ela o máximo de atenção, pois ala, com a sua experiência de vida, vai ter algo de interessante pra passar. Não se deve chorar lamentando ser o mais infeliz do mundo, se isso vier a acontecer, como norte procure ver em sua volta ou atrás de si mesmo, quando for chorar, porque não de felicidade, por algo de bom que aconteceu ou tem acontecido? – Dê um bom dia para alguém mesmo que esse alguém não corresponda, mantenha em você feição de sorriso estampado no seu rosto, sob qualquer circunstância de pouco caso de alguém que por simples ignorância não te deu atenção devida. Não carregue consigo, em especifico no seu coração, ressentimento, sentimento negativo, por algo que no passado lhe fez mal, se continuar ressentido pode sofrer muito mais no lugar de alguém insensato.

O grande feito é conquistar novas amizades e caminhar em frente sem ficar tanto olhando pros lados. Não abandone a sua intuição de trabalho ou de fé, por uma condição mínima de fracasso, virão dias melhores. Procure procriar, só assim terá noção enquanto filho, sendo pai ou mãe. Ouve mais e fale menos, assim ganhará mais tempo pra prestar atenção.

Não diverge por coisas banais, fúteis e sem sentido. Não basta achar, tem que haver convicção, pois o tempo é justo, não oculta a verdade. Se há algo de importante para ser feito, procure fazer! – se você faz, o tempo passa, se não fizer o tempo também vai passar, então o mais correto é fazer, pois quando o tempo passar você já fez e vai se sentir legal, como bem diz essa palavra que está no auge da moda, “bacana”…
Não aposta nem mesmo tendo certeza de estar certo, a não ser na mega sena. Outras vão virar polêmicas que não te levam a nada, a não ser gastar o seu tempo.

Não discuta futebol tomando partido de um time ou outro, ou que seja o melhor ou pior. Também será perda de tempo, o qual não lhe resta tanto. Evite ao máximo confrontar a sua religião, ou que seu Deus é menos, ou melhor, que do outro, pense sempre que só há um Deus verdadeiro, que não mede esforços para lhe acudir desde que esteja em comunhão com ele. Não diga palavras vulgar a uma mulher, homens acham graça, elas repudiam, querem flores.

Procure não fazer em certas ocasiões elogios diretamente com a pessoa, quando você tece os mesmos elogios com outros a recepção desse alguém elogiado tem um significado maior. Procura visitar e homenagear os amigos, o melhor quando estiver gozando de toda saúde, senão, no seu leito de morte.

Seja solidário com os ainda vivos, num momento fúnebre de alguém que, muito amado, perderam. Talvez uma palavra sua bem dita seja um novo caminho a seguirem.
Bom… Nessa infinidade do sim e do não, posso parar por aqui, não vou dar conta, no meu tempo convencional, de forma plena, de completar esse infinito assunto.

Toninho Aribati

Deixe uma resposta